SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Itaú, Caixa e Santander de Avaré registram casos confirmados e suspeitos de Covid-19

18/05/2021

Bancos: Caixa Econômica Federal, Itaú , Santander

Compartilhe:

A disseminação do coronavírus segue evoluindo nas agências bancárias do interior paulista. Nesta terça-feira (18), três bancos de Avaré registraram casos confirmados e suspeitos de Covid-19.

A agência do Itaú permanecerá fechada hoje após um caso suspeito de coronavírus e passará por higienização especializada. Além dela, a Caixa Econômica Federal também foi fechada no início da manhã após um funcionário terceirizado receber o resultado positivo para a doença, mas o local já foi reaberto após a limpeza ser realizada.

No Santander, um bancário que teve contato com um familiar infectado foi afastado e aguarda resultado do exame. Apesar da situação, por enquanto, o banco não foi fechado e não passou por higienização.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região está acompanhando os três casos e assegura aos trabalhadores que continuará cobrando dos bancos o cumprimento dos protocolos de segurança e higiene.

1.918 vítimas por dia

O Brasil registrou 1.039 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando na segunda-feira (17) 436.862 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.918. Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 15.661.106 brasileiros foram infectados pelo coronavírus.

Em Avaré, segundo boletim divulgado pela Prefeitura nesta terça-feira, 157 pessoas já morreram vítimas da doença e 6922 habitantes foram infectados.

Terceira onda

Embora o Brasil tenha registrado queda de 19% na média móvel de mortes por Covid-19 nas duas últimas semanas, as projeções feitas por cientistas nos EUA e Brasil, alertam para a possibilidade de uma terceira onda no país, com nova alta de óbitos.

De acordo com pesquisadores, essa projeção só seria evitada se o país conseguisse vacinar 2 milhões de pessoas ao dia e tivesse cautela na flexibilização das medidas de isolamento. Caso a vacinação da população brasileira continue à ritmo lento, as aglomerações sigam constantes e o patamar de infecções e hospitalizações siga alto, a estimativa indica que o país poderá chegar à dramática marca de 751 mil mortes por Covid-19 até 27 de agosto.

Após ter ciência dessa possibilidade, o jornal O Globo questionou o Ministério da Saúde sobre o que tem sido feito para evitar ou lidar com uma terceira onda no país, e se há previsão de reforço nos estoques de oxigênio e remédios para intubação durante essa possível situação. Contudo, o Ministério respondeu apenas que “não comenta sobre projeções”.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região tem pouca esperança de que a terceira onda seja evitada, afinal, o governo Bolsonaro continua sendo omisso no combate à pandemia. Mais de 430 mil famílias vivem o luto de perder seus entes queridos para essa doença cruel. Muitas dessas vítimas poderiam estar vivas e imunizadas se não houvesse tanta irresponsabilidade do governo federal.

Faça a sua parte, trabalhador! Use máscara, evite aglomerações e respeite o distanciamento social!

 

Notícias Relacionadas

Santander amplia atendimento de alta renda a todos os clientes

Santander 15/08/2022

À custa da exploração de seus funcionários e cobrança de juros abusivos, Santander lucra R$ 4,084 bi no 2º trimestre

Santander 29/07/2022

Acordo prevê maior prazo para banco de horas negativas no Santander

Santander 26/07/2022

Newsletter