SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Funcionário do Itaú reclama de sua chefe e é demitido

Ele usou canal interno do banco para fazer denúncia

12/04/2019

Bancos: Itaú

Compartilhe:

No final de março, um bancário do Itaú foi demitido depois de abrir uma reclamação contra a sua gestora no Canal do Ombudsman do banco. Ele tinha sete anos de casa e trabalhava no Centro de Tecnologia (CT) da Capacity Infra, na Superintendência de Suporte Infra Distribuída (SSID).

Ele contou ao Sindicato dos Bancários de São Paulo que sempre atingiu as metas estabelecidas pela Diretoria de Operações e Tecnologia (DOTI), mas que, recentemente, passou a ser perseguido por sua nova gestora, que veio de outra área e não tinha conhecimento técnico sobre as atividades que ele executava: “A situação piorou quando tive um desentendimento com um colega recém contratado em uma reunião, o que gerou um desconforto durante o dia a dia. A situação foi tão grave que me levou a ter problemas de saúde, porque fui ameaçado e quase agredido dentro do banco.”

Segundo ele, a gestora acompanhou tudo sem tomar nenhuma atitude, o que o levou a buscar outras oportunidades dentro do banco, cogitando uma transferência (ele entrou no Programa Oportunidades e Carreiras e já tinha sido comunicado que estava aprovado).

Ao mesmo tempo, ele abriu uma reclamação contra a gestora no Canal do Ombudsman do Itaú, que prometeu apurar a denúncia. No entanto, pouco tempo depois ele foi demitido.

O banco alega que a demissão foi por “descontrole emocional”, mesmo sem dar chance dele se realocar.

Canal interno, não!

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região alerta: canais internos de denúncias dos bancos não são confiáveis. Quem tiver algum problema no trabalho deve procurar diretamente o Sindicato. O sigilo é total.

Notícias Relacionadas

Exploração de bancários leva Itaú a ser “marca mais valiosa da América Latina”

Itaú 01/02/2023

Bancária do Itaú de Agudos é demitida por não ter CPA-10

Itaú 17/01/2023

Itaú demite bancária que não tinha CPA-10; Novas medidas com relação às certificações são definidas

Itaú 04/01/2023

Newsletter